Amor que Chora (Arrasta Pé)

Amor que chora, chora, chora e chora.
Poucos de nós pra contar bem essa História.
É prazeroso quando alcançamos a vitória.
Alegria é culminar ultrapassando a marca divisória.

Se você tiver amor com aquela que sabe quando chora.
Encurta logo sés carinhos mais não desiste não vai embora.
Alonga seu prazer durante o tempo que namora.
É prazeroso à casa  adentro  infeliz ao sair portas a fora.

Amor que chora e chora e chora e sabe chorar.
Faz  ele virar chiclete  gruda nele pra sempre soldará.
Pois quem não chora é leigo jamais aprende amar.
Pois até espermatozóide tem grande prazer em amar.

Composta em 10 de agosto de 2006 – às 12h14

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.