Calças Pula Brejo ( Baião)

Calças  Pula  Brejo ( Baião)

Juventude de Itararé faz bem  tempo que eu egrégio .
Quando surge  incompetentes chego perto e não farejo.
Tenho rios de sabedoria  não mendigo e não gotejo.
Quem for ausente de  Deus não satisfaz seus desejo.

Quando tem moleque safado de calças pula brejo
As barras abaixo dos joelhos levando vida de régio.
Forma gangue de covardia porque só não há motejo.
Prefeito sábio o João acelerou fazendo sagaz rastejo
A

titude de bom xerife do meu lado eu só festejo.
Tome a frente os mais sagazes eu vou aplaudindo e não invejo.
Quero cantar e dançar acelere toque eu solfejo.
Dou a mão de parceria do lado forte eu pelejo.

Aonde tiver sapatões que seu amores não passa de beijo
Façam lá como quiser e satisfaçam seus desejos.
Quem não quiser ser aranha também não sejam caranguejo.
Daí não sou de ferroada faço apenas gargarejo..

Quem tem classe superior aproveite meus ensejos
Só isolo os viciados e o de calças pula brejo.
Quem for rato coma só inseticida não merece comer queijo.
Classe superior é de Deus  é a classe de sertanejo.

Lá na tem mensalão tem outra classe de percevejo
Não ataca os semelhantes vive-se bem com o sobejo.
Seu voto e sangue valem e ricos compra ou rouba com desejo.
Sangue limpo que Deus dá sem existir praguejo.

Convide eu para luta vou rápido  sem pestanejo
Sou elétrico à defender não perrengueio  ou  caranguejo .
Idéia de computador eu venço sou detergente no manejo.
Xerife conte comigo sou atacadista e minúsculo no varejo.

Composta em 8/9/06  Hora 9;24 sesta feira

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments