Chupim safado (cururu)

Chupim safado (cururu) ou baiãoPensava que a felicidade não ia me aborrece.Maisfrustrado se seus escorregadios que me fazia Mais frustrao se seus escorregadios que me fazia doer.doer.
Com o coração arrebentado eu precisei carta escrever.
Declarando meus desnorteio que eu tive com você.

Mais um castigo divino vinha pra ela entender.
Saber aonde existe amor sem mentira que é pra valer.
Aquele aborrecimento bem duro pra eu conter.
Chorando por sua atitude por um filho aparecer.

DNA que realizou porque sou duro de roer.
Não quero ser tico- tico depois me arrepender.
Aquele chupim safado engabelou sem eu saber.
Prefiro viver triste sozinho com meu ritmo de viver.

Garganteie com seu gorila que ameaça de te bate.
Que belisca teu salário despoja igual qüere-qüerê.
O tal cheira pó de café o banho lhe faz corre.
O asilo está te esperando e todos os povos podem ver.

Composta em 20/4/ 2008 domingo 13 horas

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments