Experiência Crucial

Aquela rosa que brotou em meu quintal

Coloquei no meu jardim em dia de natal.

Naquela festa não esqueci. Na casa do Juvenal.

Dediquei tamanho amor. Dei tudo o que era essencial

 

Mais ela foi engodada. Na noite de carnaval.

Deu-me um coice certeiro Parecendo um bagual.

Rompeu sem dar endereço. Num bairro da capital.

Sempre mostrei ser fiel. Ela só pensava em fazer mal.

 

Viu beijando a minha avó Veio e quebrou o pau.

Colocou meu nome na internet. Publicando no jornal.

Jogando eu para fora. No meio de um temporal.

Ao voltar já não estava. Saindo sem dar  sinal.

 

Sei dizer que apanhei. Que nem gato no Girau.

Estou corando contusões. Com  escaldo de álcool com sal.

Mais peço que volte de novo. Tornando alegria geral.

Sem querer outra experiência. Essa foi muito crucial.

Composta em 26/6/2016

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.