Iracema (Baião)

Um amor vai não explica o que causa separação.
Daí nosso íntimo complica deixa vácuo no coração.
Desde que a Iracema foi embora pra nada tenho solução.
Ela sabe o dia de meu aniversario não enviou nenhum cartão

Não sei seu endereço e onde esconde de mim.
Dela nunca me esqueço sem ela apresa meu fim.
Ela diz não ser culpada também que eu seja o problema.
Outras milhares não me agradam padeço tristeza extrema.

Milhares que pendura em mim pra elas não tem esquema.
Destino não quer ver assim sem amor da Iracema.
Nem que fosse para dormir separado mais sua face quero ver.
Eu  vivendo contrariado sem Iracema vou morrer.

Não forneço todo o seu gosto sou pobre todos podem ver.
Mas vendo o seu charme e seu rosto o resto pode acontecer.
Durma tranqüila e tranqüila acorda o guarda costa não irá aborrecer.
Se eu sou feio mais amor transborda carinhoso pode entende.

Composta em 28 de outubro de 2006 – às 11h57

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

1 Comentário
Inline Feedbacks
View all comments
Iracema j.O

Gooastei muuuiiiiito de sua musica afinal me chamo Iracema.Bjos