Molejos Aliviado (Baião)

Recolhi na minha casa da qual escolhestes.
Mais devolveu coração má porque bom jamais tiveste.
Resolvendo ir embora negando amor que prometeste.
Tornei um pássaro livre Deus ajudou e curei-me da peste.

Igual cirurgia eu me curei com dor sem inestesia.
Restabeleci suspirei em tom aliviado.
Uma carga completa saindo do lombo que eu resistia.
Aliviei os molejos do meu coração quebrantado.

Eu igual um pé de lírio que na estiagem foi secado.
Uma chuva serôdia eu tornei brotar fiquei florido.
Pois o aroma que possuo das pétalas que foi irrigado.
Deus do céu me atalhou não sou mais o teu marido.

A primavera contribuiu com suas companheiras.
Flores dos campos vêm aplaudir com o novo ambiente.
Aquelas cercas que rodeava eu preso na mangueira.
Hoje o mundo esta aberto transformou em homem contente.

Primavera cooperou com as flores do meu agrado.
Sou igual rainha das abelhas de rosas perfumados.
Pelas dóceis companheiras sinto bem ser carregado.
Nem vejo o tempo passar neste mundo encantado.

Composta em 05 de setembro de 2007 – às 15h30

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments