Mudei as Regras do contrato (Baião)

Sendo amado por ela comendo no mesmo prato.

Em nosso elo de amor cumprindo todos os tratos.

Sem ter hora para amar sem deixar nada por barato.

Fenômeno bem estranho tornou a fonte do regato.

 

O tempo foi passando seu amor tornava chato.

Descobri nos bastidores que levava vida em boato.

Investiguei e descobri passei a reunir todos os fatos.

Chorei triste arrasado rodeado de carrapatos.

 

Bambeando meus recursos fui vítima de estelionato.

Seus amantes bloquearam sem fornecer os extratos.

Dormi no ponto e veio o trem quase que eu me mato.

Percebendo que era enganado pelo jegue o Renato.

 

 

Amizade com a boneca eu esqueci até meu nome exato.

A princesa deu alcunha chamando eu só de gato.

O gato com olho aceso descobrindo a cilada dos ratos.

Mandando ela pro escanteio porque passei de gaiato.

 

Compareci dias no fórum ouve um forte desacato.

Fiquei de orelhas murcha porque aplicaram sulfato.

Vou esquecer as femininas mudando as regras do contrato.

Desprezo as falsas da cidade quero uma sincera do mato.

 

Composta em 12/12/2012

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments