Pombinhas Inocentes (Baião)

Arapucas estão armadas às pombinhas estão chegando.
Com a isca nos seus olhos daquilo que esta gostando.
O gavião rapinador avança sem perca de tempo.
Sem olhar para o passado que te coroa como exemplo.

Vem gavião rapinador vem, vem buscar teu falso amor.
As pombinhas inocentes vão sofrer as suas dor.
Vem gavião vem gavião pegue chumbada da espingarda.
Faz varar teu coração na frente vai faceiro depois na retaguarda.

O circo está armado os artistas fazem fusquinha.
Os gaviões estão gamados em rapinar suas pombinhas.
Gaviões desfolha dinheiros pombinhas entra em ação.
Pacotes de mil reais fazem vitórias pros gavião.

Eu que não tenho nada mais ganho fama e alegria
Ganho amigos de qualidade de Deus ganho simpatia.
Ganho inúmeras lotecas sou rico bem abastado
Dos reais fico ausente mais de Deus protocolado.

Vem pombinhas vem vocês são jóias do nosso anel.
No mundo ganha tudo na perca o apoio do céu.
Vêm pombinhas, vêm pombinhas o gavião esta sondando.
Alegrem hoje e amanhã e não suicide no fim do ano.

Gavião lhes tira as penas e tira também reputação
Sem usar os preventivos desse seco no caixão
Pombinhas despenadas reservada encurralada.
Prontas viajar sem regresso com as malas arrumadas

Composta em14 de outubro de 2006 – às 10h02

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments