Seleção de Fracassos(baião)

Arranchei com uma velha que tinha cinqüenta netos.
Tiram a minha paz sem poder ficar quieto.
Apesar de todos os fastios difícil aprontar em secreto.
Não inaugurava nada o coito não era completo.
Decorei novos teoremas mesmo sem ser arquiteto.

Pensando que estava em ordem dizia agora injeto.
Já aprontavam um furacão com certos novos dialetos.
A velha sendo favorável eu tinha de respeitar o decreto.
Engenhei ficar no escuro combinei com a eletro.
Pois a desgraçada velha teve força com o veto.

Meus desgostos redobraram meus fracassos foi seleto.
Tamanha minha angustia rodou planos prediletos.
Quem quiser juntar com ela me consulte que eu marreto.
Fui igual banana madura fiquei duro igual concreto.
Ainda mais que eu descobri que ela amava o Anacleto.

Enganei rodei e caí rodeado de analfabeto.
Sou doutor de faculdade fiz algo incorreto.
No meio de tanta espada quase que eu me espeto.
Dei logo cartão vermelho enquanto permanece o feto.
Deu-me forte disenteria perdi as molas do reto.

As crianças bocainas evaporaram meu afeto.
Regressou contentamentos hoje novos sonhos eu repleto.
Mulher velha cheia de filhos rodeado de genros e netos.
Com espingarda carregada tudo agora enceto.
Estou longe de borrachudos ela fique com os insetos.

Composta em2/11/ 2006 Hora 16;34

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments