Vai bem Distante Desgraçada

Sou arisco em meu amor igual ao rumo do sol e alua
A vespa querendo me atacar eu deixo firme na sua.
Procurando eu nas avenidas vou correndo pra outra rua
Procure quem for incauto minha vida não destrua.

Com notícias nos mananciais que seu círculo está pifado.
Se nos radianos dão conflitos vou no raio de outro lado.
Vem firme na hipotenusa nos catetos vou sair folgado.
Sinto bem em ângulo oposto não quero ser teu namorado.

Atacou forte na coordenada eu respondi de barriga.
Não pode encontrar o cosseno noutro quadrante não liga.
Embalou e veio de tangente a secante foi sua inimiga.
Errou a tabela da corda com diâmetro fiz uma viga.

Quando estou na perpendicular ela estava atua na vazante.
Se eu estiver no vetor ela atuava em variante.
Apronta na integral eu bambeava o barbante.
Distanciei para o infinito ela fique na constante.

Meu teodolito deu Alzheimer ela foi para a enseada.
O xis morreu sem solução a conta toda foi apagada.
Melhor é agir no conjunto vazio nós não entende tabuada.
Se deseja bom agrimensor vai bem distante desgraçada.

Composta em 9/5/2015

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments