Volumoso Amor (canção)

Acostumei tanto com seus beijos e abraços.

Agora está distante diga a mim o que é que faço.

Sem o seu volumoso amor sou quebrado em mil pedaços.

De nada mais adianta eu ser o maior dos ricaços.

 

Dotado de delírio só vejo você radiante na minha frente.

O desengano do amor me transformou eu em delinquente.

Pendraive registro tudo nosso amor sincero  de antigamente.

Pensando hoje só recordo  não consigo exonerar de minha mente.

 

Volte me amar ou será condenada por estar me matando.

Sou raquítico sem seu amor para mim o mundo desabando.

Esperando marco o tempo uma era de maldade vai passando.

Quero a todo o custo é um amor que arrastou de muitos anos.

 

Composta em 18/1/2014

 

 

 

 

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments