Obrigado meu Artesão (Cateretê)

Meu Deus foi o artífice madrigal desenhou e construiu  você em geral.
Teus cabelos e teus olhos igual arvores de natal um brilho reflexo sensacional.
Não renuncio este presente de longa data, pois se eu não te  ver a dor não desata.
Vejo tua beleza à primavera da mata distante tristeza torna enfarta.

Com tua cooperação sou completo apaixonado orgulho ser se primeiro namorado.
Sem sair do coração teu nome é guardado você é um imã que por nada é separado.
Emprestado por Deus o nosso mestre faço digestão minha alma agradece.
Igual um anjo da parte celeste desfrutamos amor todo o tempo que reste.

Meu artesão com sagrada mão fez esta jóia para eu amar e adornar.
Meu muito obrigado por um presente deixando eu contente e não te posso pagar.
O que seria de mim sem você sem valer a pena viver pra ver o tempo passar.
Mundo inteiro não nasceu e você mereceu é minha riqueza pra me orgulhar.

Composta em 10 de julho de 2006 – às 16h20 

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments