Adélio Carlini Corta Jaca,Pagode Amor Louco (Pagode, Corta Jaca)

Amor Louco (Pagode, Corta Jaca)

Nesta guerra ferrenha a luta incansável, mais, a vitória aproximando .
Estou lutando contra balas mortais que ela atira dentro do seu comando.
Mas uma bomba mais que nêutron para combater estou fabricando.
É amor louco influenciado de cativar seu coração que estou desejando.
Nesta guerra de amor com imã oposto não produzo dano.

Amor verdadeiro eu venho com explosão, na sinceridade estou acreditando.
Venha ajudar meu coração, nesta luta que estou triunfando.
Quero ter a certeza de sua eficácia com toda castidade estar operando.
Minha felicidade em suas mãos, por você vivo lastimando.
Grande cabedal da minha paixão, amor louco estar desfrutando.

A hidrofobia que possuímos, imprensas estão publicando.
Pois neste hemisfério, carência de amor está transbordando.
Com esta novidade extrema, mundo inteiro esta assustando.
Vamos caldear nossos corações, a força divina está ajudando.
Vamos saborear amor louco, triunfo de guerra com diversos anos.

Quero você em meu redor amor mútuo em idílio descansando
Depois dos janeiros de atrito com parente que a trégua nós encerramos.
O que me valeu foi minha espingarda de dois canos
Vamos ver sogro e cunhado em nossos pés ajuda implorando
O João ninguém ganhou uma mega loto um banco próprio somos dono

Composta em 27 de julho de 2006 – às 15h16

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo relacionado