Deixei a Ratazana

Fui buscar a minha amada na cidade de Lenções.
Dando um lar muito atraente que com amor se constrói.
Mais a atordoada rejeitou não descobri o que é que dói.
Minha ideia carunchou meus ossos todo se moem.

Levei-a ela num curandeiro nos altos dos bairros dos Fróis.
Como eu sei imitar o Lula em tudo eu dizia e aplico nóis..
Ela culta igual à Dilma que não ama o grosso caubói
Dilma seu lema falado nós que o verbo não se destroem.

Curandeiro me aconselhou visitar farmácia do Góis.
Porque meu triste desespero meu coração se destroem.
Ela é sábia ratazana que na lentidão tudo roem.
Sei que ela está comunicando com tal João Godói.

Vou continuar ao lado do Lula teimoso ainda só digo vóis .
Eu só cantava em sustenido hoje nem balbucio bemóis.
A calça era estilo moderno revirou moeu o cós
Dedico em caminhada triste pedalando a minha caloi.
Voltei no lar antigo pra não cair no espinhel de anzóis.

Composta em 8/4/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.