Família Requintada (cururu)

Assustado com minha veia não abandona estréia

È craque na dança do samba entende bem de pornô

Minhas noras assam os galetos aquecem bem o espeto

Não perde tempo no coreto tudo elas põem no torno.

Logram filhos e maridos na vista eles são bom motorista.

Também não perdem tempo todos são bons cornos.

O pai dessas cambadas não perde tempo na calada

De espingarda engatilhada das caças não tem retorno.

Pois minha veia aos setenta todo o todo tipo experimenta.

Com pouco não se contenta e bota lenha no forno.

Sabe bem que seu marido nunca foi combalido

Forunfa bem driblar o sabido do corno.

Minhas netas adolescentes topam tudo delinqüente.

Não tem lenha que esquente trabalha só no suborno,

Apercebe e adivinha mãe pai vovô na linha

Vê facão fora da bainha cem por cento é corno

Netos que nem barba tem safado só apronta neném

Sabem que titio e vovô também todos são uns mansos cornos

Somos família requintado por muitos estimados

Popular em todo estado e ganhamos todo o adorno.

Funcionamos bem ardentes estimulamos muita gente.

Venham aqui e experimente não somos fria nem mormo.

Aqui ninguém é ferreiro mais o ferro esta no fogareiro.

Ajeitamos no bigorno família nota dez de corno

Meus irmãos e cunhadas nunca ficam enferrujadas

Com peças lubrificadas jamais aceita estorno

Quem tem boa instrução nossas aulas são de profissão

Aviso de antemão daqui todo sai no esbornio.

Profissão ninguém abandonou tudo já se confirmou

Titio e filhos e vovô filhos e netos são cornos.

Composta em 1/9/2008

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments