Gamado Carreteiro (guarânia)

Ó Sebastiana veja se você não me engana.
Acho você tão bacana confirme que me ama.
Sinto ser uma cigana e não faltando a fama.
É na fritada dos peixes que nosso amor inflama.

Minha profissão a tempo é de carreteiro.
Viajando no mundo trago muito dinheiro.
Vejo você duas vezes no mês sem exagero.
Mais em ti meu amor colado o dia inteiro.

Abraço o volante do possante caminhão.
Com você no pensamento acho longo o estradão.
Sonhando acordado cultivando a imaginação.
Quanto mais cansado estou bate forte o coração.

Por tua causa vou virar um vagabundo.
Deixando esta vida doida não correndo mais o mundo.
Estar perto do meu amor provando meu oriundo.
Seu gamado carreteiro sobressai no redundo.

Mato o sonho da cigana veja qual o preço da fruta.
Se sonho com meu amor não viajar mais na Dutra.
Sem seu amor sou arrasado isolo em toda labuta.
Vou meter chave no portão preso com a garota enxuta.

Composta em 17/5/2014

 

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments