Caminho Suave (Guarânia)

 

Deitei feliz em ninho de gansa. Em época risonha e favorável.
Em absoluta paz com Deus. Porque do povão eu sou amigável.
Saúde intacta eu confio na positiva. Convicto para não sofrer entrave.
Na gentileza do consumo gostei. Precisei ser prático maleável.

Pois vou ao céu em todo segundo. E não necessito de asas ou nave.
Os tropeços eu jamais encontro. Porque só aproveito as fases.
Meu advogado me ensina e instrui. Para todas as coisas eu tenho base.
Não tomo água de enxurrada. Porque a minha nascente é potável.

Nos amores quero ser cauteloso. Só avanço em campos insondáveis.
Meus poderios é Deus quem fornece Não tem batalha que não arrase.
Meu circuito integrado é interno. Não necessito de condensador variável.

Deus amplia em reagente perfeito.  E o meu caminho é potente e suave

Composta em 3/3//2006

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments