Concepção da raça Esquecida (guarânia)

Concepção da raça Esquecida (guarânia)A minha procura estava o gineceu. Vê se encontrava seu androceu.
Nosso jardim cedo floreceu. Ouve troca de néctar que favoreceu.
Hibrido viçoso que ela concebeu. Salvando o mundo que a fome venceu.

Um povo sabido que adora penitenciária. Força extrema sem reforma agrária.
Na burocracia que forja contrária. É luta ferrenha parece expedicionária.
Trabalhar no sítio a classe operária. Vida de escravo em estado precária.

Somos soldados de guerra adorando prisão. Onde os burgueses agem contra mão.
Não sabem produzir o abençoado feijão. Solitários presos quem é desta profissão.
Leva vida cruel em frio e verão. Sem estas sementes morreria a nação.

Só ganha dinheiro quem estuda agronomia. Trocados que o governo envia.
Quem rasga terra dura não passa de bóia fria. Em catástrofe que tem valia.
Porque sem alimento rico asfixia. Prisão desejada M.S.T aprecia.

Veja sua mesa cheia saibam dar valor. Pra quem no mato deixa couro e suor.
É magro e corcunda imita o condor. A semente fecunda no mundo sem amor
No padrão de vida é verdadeiro doutor. Latifundiários é lúcifer ávidos traidor.
  ( Prisão dos MST)

Composta em  9/8/11 as 8h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.