Estilo Moderno (Guarânia)

Jamais vou deixar você meu bem.
Quanta dor causou nossa separação.
Meus sonos todas as noites afugentaram também
Permanecendo vazio ao lado do meu colchão.

Ou quando durmo sonhos parece ser realidade.
Acordo e vejo que tudo é mentira
Sentindo distante do amor e da felicidade.
Minha alma embriagada soluça delira.

Nesta carta eu peço que volte me amar
Pois os tempos todos as lagrimas a enxugar.
Um amor que abandona sem haver motivo.
O vácuo que atinge causa inesperado perigo.

Mostrarei a você que eu amo de verdade.
Nossa nova união eu dedicarei em estilo precioso
Dos anos tristes passaram sem extinguir a saudade.
Preencherá o meu vazio num sufoco perigoso

Meu estilo não é da mídia moderna.
Sendo moderno um amor num mundo moribundo
Pior que das eras dos habitantes das cavernas
Meu amor é por ti um manancial sem fim de fundo.

Composta em 01 de agosto de 2006 – às 12h04

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments