Imperador (guarânia)

Sou mesmo um  banana porque a dor que empana culpado é por eu ter amor.

Sai dor do fundo do coração sem achar a solução lastimando minha dor.

Sem ela nos meus braços coração flui em mil pedaços por não beija minha flor.

Vejo a paz dos passarinhos cada um constrói seu ninho  este banana  sem sabor.

Meu celular está viciado permanecendo ligado na caixa postal  da Leonor

Não judie de quem te ama resgate eu desta lama entenda o teor  do fator.

Salve eu desta cratera eu não sou de simples paquera  não nasci pra ser sedutor.

Quero é vida em felicidade deixe de morar na cidade  sítio é vida de Imperador

Composta  em 27/1/2014

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments