Imprudência (Guarânia)

Espero você no ponto certo hora minutos marcados
Você atrasando  vem um louco transtorno banal
Minuano traz  sua voz certamente me enganando
Já é um começo  deduzindo existir algum rival

Conto vitórias,mas conto fracassos que podem surgir
Pois teus miolos, apesar de transbordar sinceridade
Pode mudar, causando catástrofe simultânea
Meu receio é algum dia transformar infelicidade;

Não quero, eu , deixar você prisioneira mas em liberdade
Porque prisioneira, é sinal , duvidoso de amor
Seria imprudência, da minha parte ser seu algoz
Pois quem tem amor não transforma dando cruel dor

Ambos sem dor é um sincero amor pra toda a vida
Garanto,eu isto que  eu estou dizendo  registro
No coração escrevo  amor sem limite é sua guarida
Zero é minha imprudência esquadrinhe vasculhe assine o visto

Composta em 27 de outubro de 2006 – às 10h27

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.