Lágrimas de Super Bonder (Guarânia)

Eu te encontrava beijava ou ligava a você agora jamais ligarei.
Sinto vergonha dum falso amor com razão extrema que odiarei.
Longo tempo tolerando de olho vivo sem remédio não reconciliarei.
Vivendo num mundo oco idéia fresca porque na solidão já acostumei.

Teu choro lagrimas de super bonde  eu já descolei.
Chore, chore, chore registrei teu passado e presente numa só vez.

Você contava até dez eu contava até milhões depois multipliquei
Teu amor igual porta de banco ou de risadinha dos teus queridos guei.
Arapuca armada até que eu caí mais para sempre que escapei.
Mundo aberto oferece sincera oportunidade da sua fama tudo eu já sei.

      ( Bis)

Lagrima coladas mostrando sua falsidade sem felicidade só crueldade.
Chore,chore, chore continuo registrando teu super bonde de uma saudade.

       (Bis)

Composta em 10 de novembro de 2006 – às 10h36

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments