Mariposa Insaciável (toada)

 

Coração que amou tanto tempo mais que agora desfaz.
  É opaco não brilha jamais e não tornará a ser como era.
Sofre o coração fica débil e arrefece e jamais esquece.
Porque a felicidade parecia concreta virou tigüera.
Passou igual nuvem que o vento empurra no espaço.
Beijos e apertados abraços em  sincera paquera.

Eu confiava nela para ter bom casamento.
O esperado um momento tão cedo morreu.
Mudou a sua cabeça sem haver explicação.
Rodou  minha ilusão mais quem sofre sou eu.
Procure amor no mundo vai ficar esgotada.
Por ninguém é amada porque o orgulho venceu.

Perdi toda a batalha sou homem triste derrotado.
Sou um canário isolado sem ter uma rota certeira.
Mundo para mim se desabou vou morrendo aos poucos.
Dizem que eu estou louco sem quem era companheira.
Tornou mariposa insaciável seus dias terminam graves.
É o fim de um amor suave ambos caímos na pirambeira.

Composta em 12/3/2012

.

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments