Quebro o Segredo (Guarânia)

Criatura eu sei bem que te amo será que você não pode aperceber.

Todo o meu tempo dedicado a ti você castiga sem eu merecer.

Longe de ti nada me consola minha viola vive a gemer.

Ela pergunta por que essa tristeza que envergonho sem poder responder.

 

Esta semana vou quebrar o segredo meus versos quem vai esclarecer.

É de um amor que não é correspondido não quer voltar e amadurecer.

Aguardando com maior ansiedade estou exausto de tanto sofrer.

O que mais é seu interesse que eu desconheço mostre e vou obedecer.

 

Serei teu escravo os dias de minha vida e seu fantoche em abastecer.

Serei chiclete não destituído minha felicidade é contar com você.

Nestes versos relatei meu lamento minha panaceia que faz rejuvenescer.

É elixir raro de um mundo oco quem salvará sem eu morrer

 

Composta em27/1/2014

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments