Vida oca sem Rumo (guarânia)

Beijar minha foto vai tirar de ti a dor angustiante.
Porque em todo o mundo não encontrou saúde.
Tua paixão recolhida lembrando de mim todo instante.
Nem médicos ou conselheiros solucionará pra que lhe ajude.

Solução é minha foto ainda mais a minha presença.
Sou aquele que você traiu mais sem querer alforria.
Agora eu sou livre e processos que não aumente sentenças.
Quero ver-te muda até pagar tudo o que mentia.

É um purgatório até quando você estiver em vida nova.
Pois minha eficácia em excessos de fertilizantes.
Dum amor que sobre saiu suprindo e dando toda prova.
Como uma planta que floriu e secou sem ter outro que garante.

Sendo eu a solução feliz mais eu não quero voltar ao passado.
Eu é que saí dum purgatório por amar e obedecer.
Daquela vida oca sem rumo fiquei exausto cansado.
Agora nosso amor que fingia minha maior sorte é ver oca e gemer.

Composta em 2006 Hora 19 ;10

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments