A Saudade é marcado (Moda de Viola)

Ao fazer estes versos, quero que seja eficaz
Lembrando do amorzinho que ficou lá em Goiás
Abanando o lencinho, seguia-me em ziguezague
Olhando no retrovisor, nosso choro liquifaz
Despedindo do meu amor, quase que não fui capaz
Num abraço apertado, mas hoje a distancia desfaz
A saudade é marcado no coração deste rapaz
Sou um débil solitário, falênciando meu cartaz

Olhando a beira da estrada, meu prazer não satisfaz
Vejo o gavião peneirando com atitude sagaz
Recordo a hora que ficou, com desgraça, ação eficaz
O que fizemos foi feito, nada mais se desfaz
Olho as matas escurecendo, a lua clareando atrás
Adormecendo a saudade, da lembrança que me traz 
Teu semblante faz o ninho, realidade tudo jaz
Sem solução forçar a mente, distante não satisfaz

Ao amanhecer cedinho, ausente sumindo a paz
Na baixada  da coxilha, cerração saindo gás
Lágrima me apodera, de nada mais se apraz
Recordando da morena, outras não me refaz
Choro sem ter solução, sumiu os planos perspicaz
Mas vou casar e ser feliz com a Felicia do seu Braz
Antiga não cortara meus planos, com espírito de Satanás
Minha felicidade chega numa brisa que Deus faz

Felicidade não é desfeita, nem que venha o Barrabás
Saudade vai pro escanteio, faço uma viagem fugaz
Coração não sofre dano passado, não volta atras
Não deixo ficar decaído como casca de ananás
Vou enfrentar todo perigo no meio dos canibais
Relatando meu segredo sem atitude camuflaz
Volto não tomar remédio, nem de canela ou sassafrás
Meu amor não romperá comigo, porque sou cara eloquaz

Composta em 19 de Julho de 2006, às 18h01

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Bebetosiqueira26

Adorei esta letra. Você tem talento!