Adélio Carlini Moda de Viola Amor Precoce (Moda de Viola)

Amor Precoce (Moda de Viola)

Há mais de cinqüenta anos sofro desespero
Não há nada no mundo que faça esquecer.
Dum amor precoce com raízes profunda.
Meu débil coração jamais para de sofrer.
Por uma linda menina de rosto trigueira.
Com muita pujança faz retroceder.
Se eu pudesse voltar os tempos  passado.
Minha infelicidade poderia morrer.

Mais é impossível caminho sem retorno
Sendo ela casada é fácil de compreender.
Para meus braços é impossível voltar.
Mesmo não sendo feliz tenho de obedecer.
Cinco decênios no crucial sofrimento.
Não tem conselheiro pra situação inverter.
Pesquiso como a felicidade venha comemorar.
Mais vivendo distante dum amor sem romper.

Em todo esse tempo jamais te esqueci
Nós bem velho recorda nosso bom viver.
O amor verdadeiro por nada se compra.
A esperança derradeira não pode morrer
No decorrer dum tempo poderemos unir-se.
Quem conhece nossos corações pode interceder.
Poderemos amar noutro mundo futuro.
Se com ordem divina nós dois merecer.

Composta em 26 de julho de 2006 – às 11h45

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo relacionado