Desespero de Prurido(moda de viola)

Sem afetar de pó de mico tenho desespero de prurido.
Meu amor me deu o fora estou muito triste desiludido.
Desde que ela foi simbora estou de coração partido.
Pensava que ela tinha amor mais fui surpreendido.
Ela gamou e viajou em secreto com a esposa do Guido.
Mais ela quiser volta sentindo os meus longos gemidos.
Receberei de braços abertos eu vou esquecer o acontecido.
Vou esperar no aeroporto na ansiedade e constrangido.

Não será só em beijos e abraços eu vou chorar nos seus ouvidos
Minhas lágrimas vão banhar o teu rosto colorido.
Distante jamais encontrará um amor bem garantido
Trancarei a sete chaves serei seu único marido.
Não vou dar presente algum nem anel e nem vestido.
Quero dar amor contínuo esqueço os golpes feridos.
Porque se ela não voltar serei um louco varrido.
Serei internado e maniatado num sanatório Embutido.

Composta em 6/8/2014

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments