Fenômeno Natural (Moda de Viola)

Ventos vindos dos campos balança o ambiente.
Rosas ficam balançando igual você antigamente.
Quando nós nos misturávamos sem ajuda de ingrediente.
Você me amordaçava com seus beijos loucamente.
Recordo o primeiro dia sem sair da minha mente.
Você corria do meu lado como estrela cadente.
Mordendo me abraçava parecia uma serpente.
Você me encantava com teus seios saliente.

Teu corpo arre quebrava com energia tão potente.
Noutro mundo nós estávamos suas atitudes consente.
Enquanto o dia passava a noite vinha der repente.
Num teatro transformava mos como uma peça eloqüente.
Sem querer galanteava com este anjo inocente.
O coração vistoriava igualzinho detergente.
Ambas as loucuras de amor não havendo concorrente.
Aquilo que você ansiava ter um amor que não mente.

Hoje depois de muitos anos acelerou rapidamente.
Fiz uma boda de prata uma festa pros parentes.
Fiz uma boda de ouro tornando mais reluzente.
Meio século de extensão ainda não está carente.
Como um bosque uns incendiado no ato estamos presente.
Lembramos do passado mais a melhor esta na frente.
Cada dia reformando nova área de semente.
Plantio em terra fértil com lucro simultaneamente.

Mais um filho pra nascer note como estou contente.
O que a boca está dizendo o meu coração sente.
A  velhinha  está no osso  no cerne sou competente.
Nosso amor do passado imitando o recente.
Um fenômeno natural devia ser no continente.
A natureza não gasta renova eternamente.
Quando o produto é de qualidade com o selo da patente.
Alimento nutritivo o nosso Deus é inteligente.

Composta em 05 de fevereiro de 2006 – às 10h55

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments