Leão Folgado (Moda de Viola)

Levanto cedo faço o mais importante lavo o rosto tomo café Deus consulto
Alegro porque me dá saúde só no meu Deus que exulto.
Sou pacífico sou feliz minha fé que eu mais disputo.
Minha mansidão amorosa sanidade de espírito eu curto.

Não sou ciumento odioso confio venço no insulto.
Nos ataques eu sou vitorioso planos maléficos eu furto.
Meu Deus forte Onipotente os infratores eu multo.
Com o meu Deus sou invencível nos prazeres que eu avulto.

Sou igual o leão folgado sem medo de qualquer tumulto.
Meu Deus paira sobre mim ninguém segura esse suro.
Capricho escolher amigos de elite amor ágape e culto.
Não amedronto com os cães não aborreço com estulto.

Sou acadêmico literato abranjo num grande vulto.
Deixo ao mundo meus pertences é panacéia meu sepulcro.
Solução que tu verás minha nascente de elixir emulso.
Estimulando o arranjo, eficazes, maléficos, resíduos, expulso

Composto em 11 de novembro de 2006 – às 10h16

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments