Marca Registrada (Moda de Viola)

Mulher do Zico está grávida Zico apurou saber de quem é
Não importa de quem seja mato João, Pedro ou José
Com o revolver na pastinha e saiu no chevrolet
Procurando o Frederico Que mora em Itararé
Chegou bateu na porta voz grossa respondeu quem é
Disse sou o Zico matador furo olho até de bicho de pé
Dou tiro em pulga pulando pode estar onde estiver
Dou tiro na boca de chato que dirá de chipanzé

Frederico saiu pra fora mais preparou uma emboscada
Mulher do Zico sabendo esticou o pé na estrada
Foi dar a luz numa casinha na beira e de encruzilhada
Esposa do Frederico foi uma parteira forçada

Nas costas da recém nascida uma marca registrada
Fizeram a interpretação um padre com jóia rodeada
Era um frei muito rico o nome do pai assinada
Criminoso foi no xadrez filha única declarada

Fazenda ficou só dela Frederico fora do uso
Mulher do Zico ficou amiga da outra apesar do abuso
Morando as duas viúvas com a filha no escuso
Depois de todo despanado a porca acerta o parafuso

Três mulheres riquíssimas e bem pobre o Frederico
Pensou que ficava bêbado mais secou ao molhar o bico
Mulheres não vão visitar riquezas delas vai em a pico
As três não pensam de casar sozinhas pobres vida de rico

Composta em 28 de outubro de 2006 – às 8h37

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments