Progresso (Moda de Viola)

Gigante pela própria natureza diz o hino nacional
O Brasil com tantas matas latifúndios só produz cobras.
Mais de  8 milhões de kil quadrado  e o governo perde a manobra
Dizem que víveres volumam  e onde é que esta essa sobra

Ricos plantam capim mas a carne é um capital.
Aumenta escassez e os preços  onde esta o cereal
As planície do gigante  e colheitas não é primordial
Queijo leite e manteiga pros viventes é essencial;

O gigante produz tudo  frutas coco trigo e sal.
O primeiro colocado do mundo  em  super safras de cacau.
Duzentas mil milhas para a pesca é produtor de ouro e cal.
Mas tem muitos que lutam, sim por simples pratos de abóboras.

Aqui não tem charcos nem montanhas tem pobres em busca de sobra.
Há progresso de papo em jornais aumentando planos e moda.
Enquanto ricos em super abundancia nas favelas miséria roda.
Ricos correm com suas ações pobres igual pedra que não roda.

Se pobres tentar sobressair foice e machados poda.
Enquanto pobres juntam moedas ricos Marajás que muito rouba.
Pobres não podem nem comemorar fracassos ricos comemoram bodas.
Enquanto os ricos tomam uísque  o pobres é só barril de soda.
Fazem festas com suas riquezas e dizem que o pobre que se foda

Japonês só come repolho  e hortaliças  e não sofrem de hipertensão
Boi leva quatro anos para o abate e carne é mais barato que feijão
Hoje soja é primeira linha  e esquecem de milho  e mamão
Legumes  de colheitas quase que mensal  mas tem preço alface e almeirão

Logo aqui vira a África  pois há  lamúrias por salários
Virando  moda a violência lota o (Brasil ) de salafrários
Bandidos fazem progressos cumprindo seu tristes fadário
Ladrões  igual sardinhas na lata.ETA Brasil extraordinário

População  aumenta milhões por dia  acima de carteira assinada
O êxodo que existia acelerado hoje não querem fazer  retirada.
Não saindo reforma agrária é  desemprego na terra (amada)
Ou muda esse Brasil  desempregado  de política desorganizada.

Composta em 15 de outubro de 2006 – às 11h38

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments