Registro do Enredo (Moda de viola)

No dia do meu casamento péssima experiência eu enfrento.
Tirei uma moça do convento pra ninguém apontar o dedo.
Mas fiquei assustado ao ver meu sogro deitado.
Chorando desconsolado na sombra dum arvoredo.

Contando a história sentida da sua filha aparecida.
O teor da sua vida de acontecimento logo cedo.
Seu primeiro namorado também esteve logrado.
Passado ela tinha explicado dum drama feio com o Pedro

Noivo chorando desesperado se jogou dum sobrado.
Achou melhor ter suicidado sem revelar para o pai Macedo.
Ela tinha perdido o brilho nos bastidor teve um filho.
Não se arrependeu apertou o gatilho matou jogou o filho num penhedo.

Depois que sogro relatou esvaiu meu grande amor.
Comuniquei com a Leonor me ausentei fiquei azedo.
Depois desta escória fim de mais uma outra história.
Marca em minha memória registrando todo o enredo.

Composta 10 de novembro de 2006 – às 11h15

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments