Riacho Doce (Moda De Viola)

Ao deitar me espera travesseiro vazio até a madrugada vivo esperar.
Dormindo chorando fico sonâmbulo representa que você veio se deitar.
Abraço o travesseiro beijo extasiado só calcule o que posso sonhar.
Amor sem retorno deixa alucinado e você nunca quer me amar.

Beijos multiplicam tão acelerados a noite inteira seu nome a chamar.
Você me responde no meu sono profundo vejo o rosto corado olho brilhar
Cabelos sedosos em aromas em estrada profunda eu quero passar.
Numa nascente de arvore frondosa riacho doce faz transbordar.

Acordo na lama coração disparado pesadelo amoroso faz definar.
Horas que estive sonhando contigo mesmo mentira posso alegrar.
Que na realidade você me despreza naufragado de amor vivo chorar.
Volte a mim como antigamente carícia eterna eu quero continuar.

Logo você chega embriagada cheirando mosto vem me abraçar.
Sonâmbulo que tive deixa esgotado em hora errada vem concertar.
Esperava você na boca da noite sadia eufórica a se maquiar.
Pois nessa fossa de vida nojenta tenho que tu a repudiar.

Composta em  19 de julho de 2006 – às 10h48

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments