Mentiras pinceladas (Pagode)

A justiça nesta terra ou é justa concreta ou relaxa.
Verdade só vem a tona quando de cima vem de graça.
É só linguarudos que saem bem justos vai para lamaça.
Algum segredo enterrado envolvidos na trapaça.
Inocente é só Deus que sabe e no futuro a vitória abraça.
Errado vai para o esterco igual petróleo em fumaça.

Dinheiros salvam infratores advogados deixa o ato camuflado.
Com chucho ao código da lei sai firme o amestrado.
Bandidos ladrões continuam dando lucros aos advogados.
Preso na lâmpada de Aladim pobre inocente é premiado.
É grampeado sem compaixão só é solto pelo abençoado.
Temos um juiz celestial põem fim nos fatos mal apurado.

Quando a verdade e escondida por baixo dos bastidores.
Só vem pancada dos nobres por atos bem traidores.
Foi assim que o Jesus o nazareno caiu nas mãos dos opressores.
Hoje não é diferente mesmo que a lei tenha primores.
Jesus avisou Jerusalém e rebeldes sofreram as suas dores.
Traidores morem hoje iguais isentados dos amores.

Jesus em frente de Pilátos nem sequer podia abrir a sua boca.
Irracionais transformam em bons grandiosos puxam a toca.
Na hora final rangem os dentes coléricos de vida Louca.
Aos bilhões de maquiavélicos sem voz muda ou rouca.
Destruídos pelas maldades e toda condenação é pouca
Os agentes de satanás tendo a vida bem pitoca

Este mundo está bem flagelado e cada vez mais se expande
Mentiras bem pinceladas frívolos saem livres e que ande
Os frágeis paupérrimos paranóicos esquizinofrenicos fica grande
Muitos agarram nos diplomas inocentes que debande
Enquanto maldosos polui ria a vontade até que outro mande
Não salva sua vida podem vim Covas Ulisses Jânio ou Fernandes

Composta em 07 de agosto 2006 – às 12h58

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments