Posso Exibir Troféus (pagode)

 

Desde criança fui sempre atilado fui pontual nos pontos
Resolvo problemas do povo em nada me apuro ou medronto
Fui a panacéia das morenas mostrava positivo e pronto
Sou vertido de sangue azul sem receio de multidões de tontos

Imito todos os ancestrais é três séculos de remonto
Não sou mineiro que não perde o trem positivo nos encontros
Todos os planos diabólicos com eficácia eu desmonto
Carteira parte de reais com os milhões de contos.

Meus cheques são astronômicos em qualquer banco desconto.
Solto esporas nos rivais dou risada quando amonto.
Não sou da era do Lampeão  com quem queria ter confronto.
Sou rei do gado do Brasil empresário em Toronto.

Dinheiro corre aos milhões nas regiões que eu apronto
Distante estou do mensalão suas artimanhas eu desmonto.
Turmas de negócios sujos quebram os chifres dos bisontos.
Sou campeão do box deixo banguelas em seus odontos

Poso exibir meus troféus aonde almoço e janto.
Com lindas morenas nos braços o resto tudo eu garanto.
Minhas atividades vão até as galáxias o poderio causa espanto.
Sou mais que Valério duto e ninguém me chamem de santo.

Composta em 8/2/2006

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments