Tudo se Esquece (Pagode ou declamação )

 

Povo se esquece depressa dos benefícios alcançado. Esqueceram dos profetas por Deus enviado
Com eles que consultavam quando era fatigado. Esqueceram de Jesus de ordem que foi dado.
A zero esta amor ao próximo que foi enfatizado. Esqueceu dos plebeus que Itália dependia.
França esqueceu o povo deu valor à burguesia. Portugal esquece do Brasil, de ouro que engolia.
Brasil esquece dos escravos serviços que faziam. Não existia infração os negros os defendia.

Também existiu moda  viola que os caipiras fazia. Os reis Tonico e Tinoco e outros da periferia.
As modas eram verdadeiras caipiras com autonomia.  Sumiu o som melodioso de viola e peito que tinia.
Entrou o som moderno jeito de disenteria. Pois não inclui em suas toadas ranchinho e serrania..
Cascata e noite serena em serenatas abrangiam.  Modas de carro de boi e boiada  gozavam  na primazia.

Musicas moderna é sem raiz morre no embrião antes da cria. Mais ainda chico mineiro é de imaculada sinfonia.
Caipira vem na cidade de rico viram bóia fria.  Mesmo assim defende alicerce da economia.
Levando esse triste nome só de falar dá alergia. Esquecido da sociedade  de altas freguesias.
Das quais marajás depende sem eles a nação morria.  Reforma agrária  falecida não existe alforria.
Ricos esquecem de Deus do pobre Deus tem alegria.  .Só que Deus governa tudo senão ricos asfixia.

Não esqueçam ò poderosos enquanto o sol te alumia. Alimento em suas mesas  os cardápios que aprecia.
Teu deus é carros e estudos poupanças e mordomia. Deus fecharás teus minérios fica pior que P.C Faria
Tua função fatorial apagando aristocracia.  Aproveite minutos que resta apocalipse chega seu dia.
Não esqueçam mais lembrem-se morre Hercules e mitologia.Onde o abismo é separado  teus desejos apodrecia.
Lembra tarde a dar valor aos sem terra e bóias frias. Mas Deus os acolherá e é fim de suas rebeldia.

Os alimentos escasseiam e leis não fazem vistoria. Carne e leite aos sem salários vira uma fantasia.
Pobres ficam sacudidos complô de ricos resolvia. Vê as leis sem resultados acarretando todo dia.
O êxodo é contínuo sem cura sem terapia o desastre é bem certo sem falhar as profecias.
Com suas nudez descoberta nessa faltará vigia. Os pobres pisoteados jamais haverá supremacia.
Com o Abraão (Maior ) pobre tem  regalia . Ricos rangerão os dentes é o fim da sua porfia.

Composta em16/9/ 2006

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments