Marco Zero (Rasqueado)

O que seria da sociedade humana no planeta desnorteado
Se todas às mulheres tornassem lesbianas queima rosca descarado
Adianto por dizer seria frustrado seria um baldio desolado
Dentro de meio século apenas o mundo seria desabitado
Portanto digo que o código da lei devia rebater este ato errado
Para que essas classes improfícua fossem  íntegro desaprovado

Vai ser outra Sodoma e Gomorra ficando embaixo do mar
Novamente repetir pra alguém ver defraudar
Se o torto parece ser direito míope vendo deflagrar
O que recebe solene aos miúdos vai se entregar
Todas as nações de elite os fracos vai te envergonhar
Sessenta quilos de carne e osso fazem o Golias moderno capitular
~
Sociedades simultâneas fazem pacto só vê desgraça.
Igual petróleo no fogo combustível perde a graça.
Deus rirá de vocês na vitória seus planos não fracassa.
O que aprova com a maioria no futuro vira fumaça.
Vejam o nudismo da humanidade naquilo que te enlaça.
Sempre abaixo do marco zero o perene tudo embaça.

Pensaram que venceram a lei do Cristo é destruído seu aza.
O rosiclér do reino atua sem os míopes enxergar.
Mundo contemporâneo jacta da ciência faz admirar.
Tornam uma célula isolada vendo seu fim aproximar.
Cobrirá o mundo de FEBEM, e penitenciárias pra abrigar.
É o tumulto sem rumo só esperem a hora H.

 

Composta em 9 de novembro de 2006 – às 10h49

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments