Cratera no Coração (toada lerda)

Uma cratera fez corroer meu potente coração.
Pudera se ainda vivo ao sofrer a força desse baque.
Pros escanteio sem notar que não merecia o efeito.
Por maior amor que sem querer provocando o ataque
Sem notar que ruía por um lado certo mais ignorado.
Aguardando um gol que na confiança de eu ser craque.

Minha vida emaranhada perdendo todo meu destino.
Porque fui leigo ao saber que alguém interessava.
Uma pedra preciosa permanecia no interior do coração.
Sem assalto porque a metamorfose tinha quem aguardava.
Num lado melhor sem a posse de uma fragilidade mundo.
Mesmo compreendendo do valor que desfrutava.

Minha mãe a idade desencadeou zelo de sua prole.
A qual acalentava com seu estimado e meigo brilho.
Sei que o mesmo acontecerá em hora inesperada.
O amor que também tenho dedicado aos filhos.
Nesta fase perversa que nos atinge a imperfeição.
Reserva também provar o efeito de valor de um trilho.

Composta em 28/9/2014

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.