Mais um grão do Rosário (Toada)

Recorde quando teve coito completo só existiu depois que tinha quarenta netos.
Primeiro orgasmo com novo marido recordará o resto da existência.
De quem denotou enorme paciência o amor de pato sem ser interrompido.
Mais querendo arriscar mais experiência procurando um macaco de feia aparência.
Jamais esquecerá do verdadeiro amor e o primeiro gemido.

Hoje o novato que tanto queria só alimentando na fraca caloria.
E atada mãos e pés sem poder mais voltar mesmo sabendo que não há retorno.
Teu gelado horrível morno e corno a saudade mata daquele dia sempre lembrar.
Felicidade sem ter suborno novato sem por você no torno ficando num forno.
Mais um grão de rosário arquivado num armário tem de lastimar.

Hoje é só recados para seus cupidos arrasados com seus planos falidos.
Status feminino sem realizar fica num ambiente entrincheirada.
Teu choro é só olhando na estrada sonha ser feliz por ele voltar.
Lembra que junto sucesso existia com diplomacia.
O baixo calão aparecia eu querendo mudar seu jeito de amar.

Composta em 27 de novembro de 2006 – às 22h10

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments