Tempo inteiro levo Fumo (toada)

  Tempo inteiro levo Fumo (toada)

  Tempo inteiro levo Fumo (toada ) de Adélio Carlini Sem amar sou múmia inerte não tem quem me concerte  também não acostumo
Sem leme ou timoneiro navio naufragado pedreiro relaxado construindo sem prumo
Vivia cantando catira  amando  a   Zulmira  sem pontaria e mira comecei a levar fumo

Passando noites em claro do cheiro perdi o faro em tudo azaro secou nascente e sumo
Monjolo sem regato na virgem cresceu mato sem fartura arremato tempo inteiro enfuno
Sem aceiro pegou fogo rebaixado no jogo sem  Zulmira  sem sogro comecei a levar fumo

Perfumado está a laranjeira expulso da mineira canta sabiá coleira  fiquei sem meu libuno
Acordo de madrugada sem Zulmira  vida amargurada  a noite inteira não durmo
A Zulmira não vem pra fabricar novo neném não chama mais de bem eu só levando fumo

Em 21 de abril de 2008 Horas 8 ;53 minutos segunda-feira

Sem amar sou múmia inerte não tem quem me concerte  também não acostumo
Sem leme ou timoneiro navio naufragado pedreiro relaxado construindo sem prumo
Vivia cantando catira  amando  a   Zulmira  sem pontaria e mira comecei a levar fumo

Passando noites em claro do cheiro perdi o faro em tudo azaro secou nascente e sumo
Monjolo sem regato na virgem cresceu mato sem fartura arremato tempo inteiro enfuno
Sem aceiro pegou fogo rebaixado no jogo sem  Zulmira  sem sogro comecei a levar fumo

Perfumado está a laranjeira expulso da mineira canta sabiá coleira  fiquei sem meu libuno
Acordo de madrugada sem Zulmira  vida amargurada  a noite inteira não durmo
A Zulmira não vem pra fabricar novo neném não chama mais de bem eu só levando fumo

Em 21 de abril de 2008

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments