Adélio Carlini Valsa Bom Espaço ( Valsa)Adélio Carlini (7;1

Bom Espaço ( Valsa)Adélio Carlini (7;1

Eu estava deitado na areia com  minha sereia 

Tão entretido que nem vi o dia passar

Rolando na  areia quente com beijos ardentes

Vi o sol encobrir no  horizonte por cima do mar

Vi a sereia cantando apertado em meus braços

Um cantar lindo que meu coração ficou em pedaços

Vem sereia seu nome Iracema uma linda morena

Vem sereia me amar que reservei a você  bom espaço

Num repente uma chuva caiu ela cobriu

Com os sedosos cabelos compridos

Seu cantar em uníssono  eu seu dono

 Que não deixando eu no abandono

Seu riso deixou  em novo amor vivido

Meu coração transformou  e ficou derretido

Vem minha sereia minha mente vagueia

Sou um gigante fracassado para luta

Quero continuar ver você acima da onda domar

É garota charmosa enxuta  esta em recruta

Mais cheio de champanha  no motel ela me acompanha

Desfrutando amor com quem sabe te amar

Faça sim morada em meu coração  com uma condição

Pra que nuca mais volte no fundo do vasto mar

Em  18;de novembro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Conteúdo relacionado