Carente de Amor (Valsa)

Ao aproximar a madrugada meu coração começa apertar.
Por saber que você vai embora comigo não quer mais ficar.
Esta noite que eu me deleite curtir depois morrer de saudade.
Porque ficando sozinho voltará infelicidade.

Esta noite jamais esquecer mais quero pedir uma condição.
Vai embora mas nunca esqueça vim acalentar o meu coração .
Não me deixe aqui sem recurso carente do vosso amor.
Porque você é uma assassina julgado pelo nosso Redentor.

Ninguém vai querer vê-las chorando sentadinha no banco de réu.
Não quero ficar sem você morando sozinho no céu.
Não quero que esta grande angustia deixar o coração transpassado.
Contrastando com a felicidade sendo hoje um dia marcado.

Composta em 11 de agosto de 2006 – às 9h31

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments