Memorando (Valsa)

Faça de conta que você querida vê na televisão ou computador
Passe na memória o começo do nosso amor
Primeiro encontro em nosso tempo a felicidade marcou
Casamos e numa casa de barro vemos o tempo que passou

Nós íamos à bica buscar água e na viola nos era cantador
Nós socavamos arroz no pilão buscava lenha o mato do meu avô
Ia ao comércio fazer as compras enfrentando o calor abrasador
Ajudava lavar pratos e roupas num tom cooperador

Ajudava as costuras e bordados ajudava fazer crochê e tricô
Você ia comigo capinar e roçar em todo serviço me acompanhou
Ia caçar e pescar e dançar e grande saudade a memória registrou.
Os filhos eu embalava para você passar o café no coador

Nós juntos lia a bíblia fazendo preces ao senhor
Cortava o meu cabelo e barba eu passava o bronzeador
Cobria-me eu com a coberta eu parecia um neném que nem chorou
Teus abraços e beijos me incendiavam eu com rigoroso calor

Via você dormindo igual um anjo sedutor
Choro e alegro por lembrar um a um noto todo nosso valor
Você não falhando em nada em tudo congratulou
Quando o senhor tirar nosso espírito que seja como começou

Nós viajamos em paz no patrimônio que Deus nos decretou

 Composta em 10 de março de 2006 – às 16h21

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments