Nosso Segredo (Valsa)

Laura nosso segredo você não vai revelar fácil assim.
Só revele os beijos e abraços do começo até ao fim.
As lutas que fizemos de amor nosso leito revela o trampolim.
Só a penteadeira pode revelar o que você é para mim.
Laura nosso encontro é importante favorecendo o estopim.
Meus compromissos principais é cafuné no seu jardim.

Laura o meu maior receio é você repartir seu pudim.
Laura abaixe tua cabeça ao encontrar com o Serafim.
Tua beleza, Laura é uma refeição pro Valentim.
Ao ver esses dois camaradas enjôos e tomo dose de dramim.
Não deixo pegar carona nem passar em frente do botequim.
Plantei melancia a beira da estrada, e vivo vigiando de Zepelim;

Laura eu instalei portão de controle pra morder o cachorro Julim.
Não dou carro nem celular nem internet no camarim.
Laura eu sei que me ama e parece um anjo querubim.
Laura se eu der corda tu voltaras lá em Turim.
Eu agarrei igual tamanduá  mais  italianos é carga de micuim.
Daí adeus Laura querida jamais tu lembraras de mim.

Composto em 16 de outubro de 2006 – às 09h17

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments