Núpcias Celestiais (Valsa)

Queria saber o que você tem na cabeça o que pensa de mim.
Faço de tudo para conquistar e minhas declarações chegam ao fim.
Fazendo chacota do meu amor igual represa rompendo as comportas.
Chorando frustrado no devaneio meu plano aborta.
Vou até a lua estrelas procurar favorável solução.
Vou até ao céu falar com o Senhor pra dobrar seu coração.
Planos rotineiros são sepultados voltando de novo o velho labor.
Esperanças invencíveis sem esgotar esperam animado culminar o amor.

Sendo vitorioso isso prometo festa de gala  a  realizar.
Meus convidados selecionarão Anjos do céu vou convidar.
Ela de branco véu e grinalda viagem nupcial Deus vem encontrar.
Em perfumes inalados das flores suspensa nos ares vamos ficar.
Vida na terra ela não quis outra melhor vamos enfrentar.
Vida eterna nosso grande deleite bem longe vamos morar.
Minha vitória de lado oposta só a morte pode esperar.
Sem seu amor eu não sou nada a ingrata quero matar.

Composto em 20 de julho de 2006 – às 11h32

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments