Hábil Titular

Daremos adeus aos céus perverso. É num novos céus que eu alisto.
Atraído pelo Deus do Universo. Em lutas intensa que eu conquisto.
Desgasto a favor do mundo sem aragem. Na metamorfose sou bem quisto.
Isolado de todas as camuflagens. De falsidade corro e desisto.

Não dou bola para as bobagens. Eu anoto e vou curtindo o sinistro.
Línguas venenosas eu faço triagem. Mais vou só passando o visto.
Faço paz não em falsa presa. Pra ser irmão estimado do cristo.
O que interessa de Jeová saborear da mesa. Confirme ter eu no Registro.

Reserva a mim um camarote de gala. O resto do escarcéu eu só assisto.
Só tiram meu coro e fazem tala. Atormentam e com vitória resisto.
Para ser aprovado hábil titular. Ser um poderoso produtivo ministro.
Sem falar chibolete verte azar. Esculachado seja os João ou Evaristo.

Composta em 20/10/2014

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments