Registro Celestial do Amor(valseado)

Poetas desatam seus presos sentimentos.

Com base de olho fixo mirando a lua.

Sou diferente com amor de levitação.

Sem esquecer a imagem linda tua.

Jamais encontrará amor igual ao meu.

Percebendo como nosso futuro flutua.

Tu ES um anjo que radia felicidade.

Quando a epidemia do mundo desvirtua.

Abraços e beijos mútuo com sinceridade.

Coração bate e o tom mostra a sensatez.

Não é cansativo o reflexo dá energia.

Pois a lua manifestando uma semana ao mês.

Nosso apaixonamento nos faz induzir.

No ano inteiro amamos sem vazão de solidez

Lua e poetas permanecem sós e ocupados.

Porque no amor é só nós que somos o freguês.

Da lua não empresto luz ou versos de poetas.

A luz divina da confiança pivô do nosso quinhão.

Nem sol lua e poetas descobrem qual é o segredo

A terra de raridade e nós completamos nossa união.

Nosso amor desata na geleira com sigilo amoroso.

Ninguém pode discernir o que há em nosso coração.

Registro celestial terá o nome Silvana Mendes.

Meiga ao seu amor sem negar em qualquer situação.

Composta em 13/10/2012

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments