Bandeira Verde Branca (Vanerão)

Minha terra canta seriema adivinhem aonde que é
Do banco da escola observando o rosicler
Não pensem ser Mato Grosso é cem quilometro das chaminés
Chamava Araritaguaba aonde habitam as castas mulher

Aonde existe homem de palavra aonde as arvores tem pião
Moças lindas só enamoram se existir imã no coração
Existe amor cooperativo de homens honestos bons cidadão
A lua nasce robusta garbosa o sol ri para população

A Própria região é sorridente confiando firme no progresso
Mega empresas e mini empresas relatam confiantes merecido sucesso
Para resolver novas fórmulas não é necessário convocar congresso
Pra muitos super empresários autoridades providencia ingresso

Povo útil e varonil unido igual abelhas da colméia
Cada um leva suas cargas faz uso da elucidada epopéia
Nossa bandeira é verde e branca não é preta nem vermelha
Casas cobertas de diamantes ouros maciços são caibros e telhas

Quem vier aqui para bagunçar o coreto foge sem deixar raiz
Aceita  sim  emigrante sincero  que são útil para o pais
Aqui tem racionado muito serviço para advogados e juiz
Senão a nossa comarca estimada não se chamaria de Porto Feliz

Composta em 9 de novembro de 2006 – às 8h57

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments