Pajem Mãe (Vanerão )

 

Cuidado comigo sou igual uma criança, não deixem chegar perto com seu sapato brincar.
Continue me pajeando em toda hora incerta igual criança sou capaz de te cortejar.
Minha babá me corrija não deixe ser abelhudo porque seu jardinzinho sou capaz de estragar.
Sou peralta não sou sossego me puxe às orelhas porque sua padaria vou macetar.

Meu sonho e pesadelo fazem barbaridade e você não é bicicleta mais quero montar.
Meu pesadelo é constante tome cuidado você não é violão mais em você quero tocar.
Polegar é audacioso o médio e indicador eu que te ponho no colo para afinar.
Ama seca eu tenho fome quero carne e leite apressa que meu desespero em você eu quero mamar..

Ama seca chegou a hora apressa-me dar banho tire as calcinhas vista me camisinhas quero ensaboar.
Ama de leite quero dormir noite está avançada nos seus braços carinhoso quero dormir e sonhar.
Ama de leite também sou carinhoso muito criancinha e papaizinho  já quero ficar.
Ama de leite vai ser mãe seu carinho deu bom fruto este pequenino você quis cariciar.

Ama de leite você foi tão boa comigo enfrentou perigo sem notar a hora ( h).
Hoje você ama-me com firmeza e verdade, somos três unidos apresentando pra casar.
Daqui a um mês serei papaizinho, ela não é mais ama de leite é esposa e não babá.
Vai ser mamãe carinhosa e satisfeita é um bebê barbado e nenê para cuidar.

Composta em 12/10/2006

Subscribe
Notify of
guest

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments